Natural de Gralhas, lidera uma das maiores redes de óticas no Alto Tâmega

Pedro Machado nasceu em França, e com tenra idade voltou à raiz, aldeia plantada no sopé do Larouco, Gralhas, para ficar de vez, em Portugal. Queria ser Investigador na área da ciência, mas as aulas na Universidade mostraram-lhe que afinal, aquele não seria o melhor caminho. Nem Pedro se enquadrava no meio, nem o meio se enquadrava nele. E assim nasce a mudança, com a incursão num curso que faria dele um dos Optometristas mais reconhecidos no Alto Tâmega, onde Montalegre se insere.

Já passaram 15 anos, que marcaram este ponto de viragem, com o regresso à terra. De Lisboa para o Alto Tâmega, e com eles uma ramificação de negócio e serviços que se estendem por Montalegre, Chaves, Vila Pouca de Aguiar, Valpaços com a criação de 10 postos de trabalho e uma faturacao anual a rondar os 700 mil euros.

A Opticália, liderada por Pedro Machado tem também uma forte componente social e de intervenção civica junto de quem mais precisa. Há uma filosofia inerente que é levada a cabo, não só em Montalegre como em outros concelhos, onde as portas estão abertas: Ajudar quem mais precisa, pessoas devidamente referenciadas por Instituições competentes, que podem "ver o mundo com outros olhos" ao lhes ser fornecido de forma gratuita os supostos gastos inerentes com a aquisição de lentes e armações.

Em Montalegre, a Opticália fica situada na Avenida principal da vila, Av. D.Nuno Álvares Pereira. E diariamente, desde o seu inicio está Susana Nogueira, barrosã, que dá sempre o seu melhor, em aconselhamento e encaminhamento de questões relacionadas com o design e saúde dos olhos. As consultas de Optometria, são realizadas sempre à quinta-feira.

Artigo publicado na revista REGIÃO - Montalegre.