ZICO HAIR DESIGNER

Artur Machado, mais conhecido por "Zico", é o tal que pode ser apelidado como o "Homem dos sete ofícios", no seu caso serão bem mais. A caminhar para os 40 anos, Zico tem uma vasta experiência em trabalhos completamente distintos: já foi padeiro, já foi trolha, já foi canalizador, já serviu em restaurantes e pelo meio um curso de Arquitetura que ficou quase, quase concluído. É um homem que soma conhecimentos, nas diferentes dimensões da vida.
E, os da arquitetura, acabaram por virem a ser muito úteis...nos cabelos! Abriu recentemente um espaço bonito, airoso e agradável no centro da vila de Montalegre (Rua direita), onde se auto-intitula como "Arquiteto de Cabelos".
Os critérios de beleza, são também eles geométricos. «O ser humano, empiricamente, faz esses cálculos, ao olharmos e dizemos se é bonito ou não.» Atrás desta simplicidade, Zico junta-lhe todo o saber adquirido na Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão. E ao se cortar um cabelo, muito daquilo que são os cálculos geométricos são aplicados aqui.

Longe vão os tempos em que os cortes de cabelo, essencialmente masculinos, seguiam praticamente todos o mesmo molde e o mesmo estilo. Mudaram-se os tempos e as vontades também.

O cortar cabelo, transformou-se numa arte muito mais requintada e refinada, e nas mãos do "arquiteto de Cabelos" Zico, ganharam em Montalegre o toque ousado e proativo.

O senso-comum, chama-lhe "zigue-zagues", mas na verdade até o Castelo de Montalegre, ou a Bruxa Sexta 13, já foram desenhadas nas cabeças dos barrosões.

Hoje, o cliente é um jovem emigrante em Franca, que estando a passar férias na aldeia, fez questão de repetir o corte de Agosto último, uma estrela que faz questão de levar para França.

Artigo publicado na revista REGIÃO - Montalegre.